Anomalias da Pelve Renal e Cálices
 

A pelve renal ou bacinete (ver - Anatomia) e os cálices, formam o aparelho coletor (de urina) dentro do rim. Toda urina produzida (secretada) é aí eliminada (excretada), depois seguindo para a bexiga. Existem várias alterações desta região do rim, muitas sem qualquer sintoma, sendo mero achado de exame. A mais comum é a estenose da junção ureteropiélica (estenose de JUP) ou pieloureteral. A causa mais comum desta alteração, é um vaso anômalo causando um "cotovelo" (kink) no ureter próximo à junção, assim comprimindo-o contra a própria pelve, causando uma dificuldade de eliminar a urina, iniciando aí a dilatação do sistema pielocalicial. Com a chegada da ecografia, mais diagnósticos de hidronefrose pré-natal são feitos, facilitando o tratamento (mesmo antes do parto) e salvando muitos rins da destruição completa (perda de função).

 

Duplicação completa do ureter

 
  1. Abertura do ureter esquerdo
  2. Abertura do ureter da pélvis renal inferior direita
  3. Abertura do ureter da pélvis renal superior direita

 

 

 

Duplicação incompleta do ureter

 

Figura à esquerda: Ureter bífido - Ureteres duplicados unidos segundo distância variável entre o rim e a bexiga

  1. Ureter duplicado na extremidade inferior com um ureter terminando cegamente ou continuando como corda sólida à pélvis renal;
  2. Ureter se ramificando na extremidade inferior com uma perna do "Y" terminando cegamente (Divertículo uretérico);
  3. Ureteres duplicados se unindo na parede da bexiga para entrar na mesma por um único orifício.