Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Aids (Sida)

Quem tem mais chance de se contaminar com a SIDA (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida = AIDS) numa relação desprotegida, homem ou mulher?

A mulher tem muito mais chance de se contaminar, por vários fatores, como a presença de uma concentração muito maior de vírus da AIDS no líquido seminal do que nas secreções vaginais. O pênis fica menos tempo em contato com as secreções vaginais do que a vagina com o líquido seminal. O pênis também tem pouca ou nenhuma capacidade de absorção mucosa, já a vagina é uma mucosa com grande capacidade absortiva.

Homem portador de HIV (AIDS) que fez vasectomia, pode transmitir AIDS ?

Sim, pois o vírus está presente em qualquer secreção do corpo. O homem vasectomizado não ejacula espermatozoides, mas ainda emite o líquido prostático com grande concentração de vírus.

Pode-se contrair AIDS pelo sexo anal ?

Sim, pois o reto é uma mucosa altamente absortiva e existe uma grande quantidade de vírus presentes no líquido seminal.

Qual a melhor prevenção contra a AIDS ?

O uso adequado de preservativos, isto é, desde o início, não só para ejacular e evitando contato de secreções do parceiro(a) desconhecido(a) com as mucosas (boca, olhos, vagina e ânus).

Onde se encontra o vírus da AIDS no corpo humano contaminado ?

Em qualquer tecido ou secreção que contenha linfócitos, como sêmen (líquido seminal), secreções vaginais, sangue, plasma e derivados (fator VIII, etc.), lágrimas, saliva , etc.

Alopécia (Finasterida)

Quais os efeitos colaterais do remédio FINASTERIDA que tem sido usado para queda de cabelo?

A maioria dos efeitos colaterais da finasterida foram observados com a dose de 5mg para doenças urológicas (próstata), mas mesmo na dose de 1mg como a utilizada em dermatologia (alopécia) os efeitos são os mesmos a longo prazo, falando a favor de uma “impregnação” do organismo.

Uma verdade sobre a finasterida é a diminuição da libido, sem impotência, apenas um “desinteresse” pelo sexo, que quando solicitado, “funciona”. Em vários clientes, pudemos notar que houve diminuição da testosterona a níveis muito baixos, o que explica a perda da libido. Também houveram queixas de cansaço físico ou perda de condicionamento físico e diminuição do líquido ejaculado, possivelmente também explicado pela baixa testosterona.

Como a finasterida realmente funciona para evitar a queda dos cabelos (dificilmente repõe) e a vida média dela é longa (dias), orienta-se a alguns clientes a intercalarem os dias de uso da medicação, objetivando diminuir seus efeitos colaterais sobre a sexualidade, sem prejudicar o efeito sobre o couro cabeludo.

Os efeitos são reversíveis com a descontinuação da finasterida e é lógico, os cabelos voltam a cair após algum tempo.

Uso o medicamento finasterida há nove meses e o resultado não é muito satisfatório. Há necessidade de um período de descanso?

Não sei lhe informar, estando o dermatologista mais indicado. Posso lhe adiantar que a finasterida não repõe cabelo, apenas evita a queda dos já existentes.

Caso eu planeje ter um filho, devo descontinuar a utilização da droga?

Obrigatoriamente.

Quais os efeitos deste medicamento em relação à fertilidade? Serei estéril por usar o finasterida por um bom tempo?

Diminuem sensivelmente a espermatogênese (produção) de espermatozoides. Os efeitos, até onde sabemos, na dose de 5mg/dia utilizada para próstata, sobre a potência e espermatogênese são reversíveis, mesmo após anos de uso.  Além disto, a finasterida manipulada tem biodisponibilidade (absorção nas 24 horas) irregular. Uma opção seria o uso da finasterida tópica a 0,1% + minoxidil 5%, aplicada no couro cabeludo.

Uso Finasterida para a queda de cabelos e minha pressão aumentou bastante após o início do tratamento. A causa pode ser o uso deste medicamento?

Por ser um hormônio, a Finasterida, embora em dose baixa, pode reter sódio e com isto aumentar a pressão arterial, pois o sódio vai reter por sua vez água, aumentando o trabalho do coração. Consulte o dermatologista ou um cardiologista para ver se existe algum outro fator de risco para a hipertensão envolvida, pois é raro que a Finasterida cause isto, mesmo em doses cinco vezes maiores, como as usadas para próstata.

Uso Finasterida há 3 anos e minha esposa ficou grávida. Existe algum risco?

A finasterida por ser um hormônio pode, em contato com a mulher grávida, mesmo que seja apenas por manipular os comprimidos, ocasionar virilização no feto e no bebê de sexo feminino. Assim, o melhor é orientá-la a não manipular os comprimidos e não ter contato nenhum com a substância.
Pelo esperma não há problema.

Ânus

Ânus

Ultimamente tenho relações sexuais apenas nos finais de semana, sentindo uma forte dor no ânus após a ejaculação. O que pode ser?
Dificilmente você vai ouvir esta palavra: Prostatodínia ou dor na próstata (e vesículas seminais), no seu caso em particular, devido às ejaculações muito espaçadas requerendo um esforço maior da musculatura perineal ou pelo tempo longo de excitação sexual. Assim, há um tenesmo (contração intensa da musculatura) ao redor da próstata, que coincide com a potente musculatura do ânus, que quando contraída intensamente, resulta em dor neste local ou entre o ânus e bolsa escrotal, no períneo. Pode ainda, ser decorrente de uma inflamação (aumento do tamanho da glândula) ou infecção (prostatite aguda). Geralmente não há relação com quadros de maior gravidade, mas assusta pela dor retal. Procure ser examinado na sua cidade.